Ir para o conteúdo

Desporto

sábado, 27 março 2021

Cada vez mais a pessoa com deficiência intelectual do desenvolvimento (DID) deve ser consciencializada para a importância do exercício físico, a implementação e politicas intersectoriais que visem a diminuição do sedentarismo e o aumento dos níveis de atividades praticadas. Esta é uma excelente ferramenta de melhoria de qualidade de vida e da saúde, isto porque as dificuldades que as pessoas com DID apresentam juntamente com o sedentarismo em comparação com a população geral têm tendência a maior prevalência de hipertensão, obesidade e síndrome metabólica (Brooker, Van Dooren, McPherson, Lennox, & Ware, 2015; Draheim, 2006; Foley, Lloyd, Turner, & Temple, 2017)

Atualmente, o planeta é dominado pela pandemia do Coronavírus. Síndrome Respiratória Aguda Grave Coronavírus 2 (SARSCoV-2) e Doença de Coronavírus 2019 (COVID-19. Além do risco de infeção por COVID-19, devido à maior prevalência de problemas de saúde, estas pessoas tendem a depender do apoio de outras pessoas para as suas atividades de vida diária, não sendo fácil manter o distanciamento pretendido ou desejável (Santos, 2020). 

A maior parte dos indivíduos com DID, encontram-se mais vulneráveis devido à propagação rápida e fácil da doença. Por sua vez, o isolamento pode afetar a sua qualidade de vida, sendo um tópico emergente, este desencadeou um crescimento ao nível do interesse em todo o mundo.

A qualidade de vida é definida por um modelo multidimensional, composto por oito domínios, centrado nos fatores da independência, participação social e bem-estar (Schalock & Verdugo, 2002).

Com a declaração de estado de emergência no País, o Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça (CEERIA), em trabalho de equipa com o Gabinete de Desporto decidiu criar um Projeto que conseguisse melhorar o bem-estar biopsicossocial dos Clientes e dos seus famíliares através da prática do exercício físico.

Este Projeto iniciou a 18 de fevereiro e estamos neste momento a apoiar 39 clientes do CEERIA.

As sessões de exercício físico estão preparadas para 45 minutos e no final de cada sessão é deixádo um trabalho de casa para incentivar a prática do exercício físico e diminuir a taxa de sedentarismo.

O bem-estar biopsicossocial do Cliente tem sido notório, onde vamos comprovando a alegria expressa por eles com a nossa presença como também no seu desempenho ao longo das sessões.

Em suma, este projeto vem trazer benefícios psicossociais ao Cliente e, desta forma, os objetivos desejados estão a ser alcançados.

O Gabinete de Desporto caminhará sempre no sentido de evolução permanente para um melhor bem-estar do Cliente e suas famílias.

Vídeo